20/02/2012

Cinto de fitas trançadas e com rosas de fita

Por Melissa Bergonso
 
Sábado retrasado, dia 11 de fevereiro, comemoramos a Festa de Nossa Senhora de Lourdes. Também, neste mesmo dia, tornei-me oficialmente madrinha de Crisma da minha afilhada Teresa! Minha comadre disse que ela usaria um cinto azul em homenagem a Nossa Senhora, e foi então que eu, como madrinha faceira, me propus a fazer um cinto de fitas trançadas pra ela!
 
Cinto de fitas trançadas com rosas de fitasPara fazer a decoração e o acabamento do cintinho, resolvi fazer rosas de fitas para colocar em cada ponta do cinto. As rosinhas poderiam ter sido feitas de outra cor, mas preferi fazê-las as nas cores azul e branca também em homenagem a Nossa Senhora de Lourdes; a cor azul em honra a Nossa Senhora e a cor branca representando a santa pureza.
 
Este tipo de trabalho com fitas pode parecer, à primeira vista, complicado, mas não é não, aliás, é muito mais simples do que aparenta ser!
 
Veja mais fotos do cintinho!
 
Cinto de fitas trançadas com rosas de fitas
 
O efeito do trançado deixa o cinto muito bonito, uma verdadeira decoração!
 
Cinto de fitas trançadas com rosas de fitas
 
Cinto de fitas trançadas com rosas de fitas 
Cinto de fitas trançadas com rosas de fitas
 
Atrás de cada rosinha eu preguei um botãozinho de pressão, para unir o cinto. O botãozinho ficou escondido, nem dá pra ver o local da junção!
 
Cinto de fitas trançadas com rosas de fitas     Cinto de fitas trançadas com rosas de fitas
 
Cinto de fitas trançadas com rosas de fitas
 
E agora, minha afilhada linda com o cinto (o rostinho está cortado à pedido dos pais, para preservação da criança):
 
Cinto de fitas trançadas com rosas de fitas
 
Cinto de fitas trançadas com rosas de fitas
 
Não é difícil de trançar este cinto, na realidade é muito fácil e você não vai gastar mais que alguns minutinhos para fazê-lo!! A parte mais chatinha é o acabamento, mas não é nada complicado. As rosinhas já são um pouquinho mais trabalhosas para serem feitas, mas nada que a prática não resolva! Infelizmente, não consegui gravar os vídeos-tutoriais para esta postagem, mas pretendo fazê-los para a próxima semana, ensinando o passo-a-passo da confecção tanto das rosinhas de fitas quanto do cinto de fitas trançadas. Aguarde!
 
Você pode fazer também tiaras de cabelo com essa forma de trançado de fitas, fica muito bonito! E as rosinhas podem servir de decoração de várias coisas, desde colchas, bolsas, toalhas de banho e até panos de prato. Mais feminino que isso, impossível!! rs.
 
Salve Maria!
 
Leia também:
 

Este artigo foi originalmente publicado no Mulher Católica. Se você estiver lendo-o em outro blog ou site, trata-se de plágio e de violação dos direitos autorais.

19 comentários:

  1. Ficou super lindo! Nós amamos, comadre!!!!!
    Deus lhe pague! :D
    bjks,
    em Cristo,
    Patricia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, comadre, fico muito feliz!!! :D
      Amém! Salve Maria!!

      Excluir
  2. Salve Maria, Melissa!
    Ficou lindo o cinto; a princípio achei que não fosse ficar bom no corpo, mas pela foto dá pra ver que ficou uma graça!
    Posta mesmo o tutorial?! Eu sou louquinha pra aprender a fazer esse tipo de rosinha... eu só sei a outra mais simples...
    Deus abençoe a madrinha e a afilhada!
    Santo dia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nívea!

      Ah, parece que o cinto não vai ajustar, mas quando colocado no corpo ele cede e se ajusta à cintura, isto por causa do trançado mesmo.

      Vou tentar fazer os dois tutoriais para a próxima semana!

      Um santo dia pra você também! Salve Maria!

      Excluir
  3. Lindo, lindo, lindo! Que fofura, Melissa!

    ResponderExcluir
  4. Ola Melissa, ficou lindo mesmo e a sua afilhada tb ficou uma graça com ele! Parabens, vc é uma moça mto prendada!! Mil bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Taiana!! Que bom que gostou! :D
      Beijinhos!!!

      Excluir
  5. Melissa! Que lindo! Acredita que eu fazia tiaras pra bebezinhas com esse mesmo trançado? Tinha as rosinhas também! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo?? Que legal!! Eu não sabia que você sabia fazer esse tipo de trançado! Fica bem bonitinho em bebês, né? Beijos!!

      Excluir
  6. Mercedes Caboblanco21/02/12 21:17

    Parabéns pelo maravilhoso, elegante e modesto trabalho. Sua afilhada tem sorte de estar cercada de familiares que a formam retamente. Felicidades a todos. Tenho especial interesse em saber o tutorial do trabalho. Aguardo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mercedes!! Deu certo seu comentário :D

      Obrigada!

      Semana que vem, se tudo der certo, os tutorais virão ao ar!

      Fica com Deus! Salve Maria!

      Excluir
  7. Ficou muito bonito. Gostei do tom de azul.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Agatha! Que bom que gostou. Este tom de azul é muito bonito mesmo. Eu mostrei pra minha afilhada antes de trançar o cinto e ela gostou da cor. Eu tinha comprado uma fita num tom mais claro, mas esse aí ganhou de 10 a zero rs.

      Beijos e fica com Deus! Salve Maria!

      Excluir
  8. Ola querida Melissa!!!! Que cinto mais lindo!! Que obra bem feita!!! Nossa como vc e jeitosa e prendada!! Deus te abencoe!!! Carol

    ResponderExcluir
  9. Oi, Carol!!
    rsrs... Obrigada! Fico feliz que você tenha gostado!
    Amém!
    Fica com Deus! Salve Maria!!

    ResponderExcluir
  10. Quantos metros de fita você usou pra fazer este cinto??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lucyclenia, Salve Maria!

      Este cinto em específico eu usei mais ou menos uns 4 metros de fita. Para saber a metragem a ser usada eu costumo fazer o cálculo de 1 para 4, ou seja, o tanto de fita que você vai utilizar será aproximadamente 4 vezes o comprimento do cinto. Mais detalhes e o vídeo do trançado você pode ver no post Aprenda a fazer um * Trançado de Fitas *.

      Fica com Deus! Obrigada pela visita e volte sempre!

      Excluir

Olá, seja bem-vindo(a)! Este blog é moderado. Por questões de ordem prática e também porque meu tempo é precioso, não publicarei comentários ofensivos à minha pessoa, nem a qualquer outra. Se porventura você comentou educadamente e seu comentário não foi publicado, provavelmente ele se enquadrou em alguma das restrições da Política de Comentários deste blog. Leia-o com atenção antes de comentar. Obrigada pela compreensão. Salve Maria!