11/05/2014

Ser mãe...

9 comentários:
Por Melissa Bergonso

Ser mãe é uma dádiva de Deus!
Ser mãe é ter mais que um coração a pulsar, é pulsar com quantos corações que são gerados dentro de si.
Ser mãe é amar incondicionalmente. É "jorrar" de dentro de si para um outro ser. É querer viver para que outro viva; é querer amar para que outro ame, é querer morrer para que outro tenha a vida.
Ser mãe é carregar temores e esperança. É ter tristezas e alegrias, fadigas, dores, cansaço, mas também momentos de grande júbilo e descobrimento!
Ser mãe é se aniquilar, se auto-sacrificar, renunciar-se a si mesma por amor daquela criaturazinha que Deus lhe deu para cuidar, alimentar e educar.
Ser mãe é olhar os passos do filho, mesmo de longe, mesmo no silêncio e no escondimento. É zelar pela alma do filho, com confiança nAquela que foi a Mãe do Senhor, a Mãe do Filho de Deus, a Mãe das mães.

Não há palavras para descrever o que é ser mãe. Biológica ou espiritual, a maternidade dignifica a mulher de tal maneira que a torna co-participadora na obra da criação, na geração de santos para Deus. São Pio X disse certa vez: "Dá-me mãe verdadeiramente cristãs e eu lhe darei santos". Se as mães católicas fossem bem instruídas na fé, se fossem abertas à vida e aceitassem quantos filhos Deus lhes quisesse dar, teríamos muitos santos, especialmente neste período tão conturbado do século em que vivemos.

Maternidade é vida! é alegria! por mais sacrifícios que se faça, por mais difícil que possa ser a vida, por mais dificuldades que se encontre e que se passe quando o filho é concebido. Maternidade jamais pode ser encarada como desgraça, como "doença" ou "praga" social. Filhos são bênção e dádiva; filhos são a esperança do nosso futuro, do futuro da Igreja, do futuro da Nação.

Bendito o Ventre da Virgem Puríssima que gerou o Salvador! E, por conseguinte, benditas as famílias que se abrem à vontade divina, para a geração de filhos para Deus, sem medo, sem desconfiança, sem temores. Deus é generoso com as famílias generosas! Quantos santos não tivemos de famílias numerosas? Santa Teresinha, São José de Anchieta, Santo Tomás de Aquino e tantos outros! E por que hoje se têm medo da maternidade, mesmo entre as famílias católicas?

Ser mãe... Olhemos para Aquela que foi Mãe por excelência e nos espelhemos nas suas virtudes, na sua doçura, no seu silêncio, na sua abnegação de si mesma. Mãe a gente só tem duas, mas uma só é Aquela que é nosso modelo perfeito: A Santíssima e Puríssima Virgem Maria.

Virgem Maria

Um Feliz dia das Mães para todas as mamães que acompanham o *Mulher Católica*!

Bendito e louvado seja o Santíssimo Sacramento da Eucaristia, fruto do ventre Sagrado da Virgem Puríssima, Santa Maria!
Related Posts Widget For Blogger with ThumbnailsBlogger Templates

25/04/2014

Casacos, casaquetos e jaquetas para o Outono/Inverno

4 comentários:
Por Melissa Bergonso

O friozinho já está chegando de mansinho. Aqui em Curitiba, pelo menos, o clima está oscilando entre quente e chuvoso (se bem que nestes últimos dias está oscilando entre nublado e chuvoso...), e quando vem chuva, geralmente a temperatura cai (como já está acontecendo!)... Acho que o inverno não tarda a chegar! ui!

Bom, mas quando a questão é frio, inverno, chuva, vento etc., para quem está começando a adaptar o guarda-roupa às saias e vestidos, fica sempre aquela questão: que tipo de casaco usar para que o visual não fique brega ou "descolado" demais, ou dê uma impressão de desleixo? Esse tipo de pergunta ao aproximar-se o inverno muitas vezes desencoraja muitas meninas e mulheres a se vestirem de forma modesta e feminina nesta época do ano. Se você está passando por esta situação, continue lendo o post!

Pequeno "segredinho"!


O "segredo" para manter a elegância no inverno usando saias e vestidos é investir em casacos feitos de bons tecidos e com bom corte.

Existem alguns tecidos que são ideais para as estações outono/inverno. Listo, abaixo, os que considero contribuírem para nos deixar mais quentinhas:

  • Lã (de preferência, 100% natural, pois não cria bolinhas);
  • Tweed;
  • Veludo;
  • Couro;
  • Camurça;
  • Pêlo;
  • Flanela.

Casacos de e tweed são ótimos pois estes tecidos permitem boa modelagem e bom corte, além de detalhes na costura. Necessitam de forro, que se for confeccionado de tecido acetinado (gosto de usar cetim), ficam lindos, vestem muito bem (não ficam "empapuçando" a roupa) e esquentam bastante.

O veludo, dependendo da espessura, também permite uma boa modelagem, mas o casaco fica mais "durinho" e com um pouco de volume. O veludo é um tecido que ajuda a esquentar bastante, especialmente se a peça de roupa confeccionada com ele for forrada. O forro é opcional.

Já o couro proporciona uma modelagem mais "dura", pela própria textura do tecido. Assim, o casaco ou jaqueta confeccionada em couro ficarão um pouco menos "assentados", mas é possível fazer uma boa modelagem neste tipo de tecido se a costureira tiver experiência. Para lugares que ventam muito, é um tecido interessante, embora seja um tecido de toque frio. O forro é opcional.

A camurça não é dura como o couro, dá para fazer peças legais com ela, como detalhes com franjas (para quem gosta). Diferentemente do couro, seu toque é aveludado! O forro é opcional.

O pêlo (em geral, sintético, que encontramos nas lojas de tecidos) é um tecido mole e macio, porém bastante volumoso e denso. Assim, ele terá uma modelagem um pouco mais "frouxa", de caimento não tão assentado. Mas ele é um ótimo tecido para invernos intensos e com muito vento, pois esquenta muito. Em geral, necessita de forro, que pode ser de malha, para acompanhar a elasticidade do tecido.

flanela é um tecido leve. Na realidade, ela é boa para confeccionar camisas, blusinhas, saias e jardineiras, não casacos/casaquetos, pois deixará este tipo de peça com aspecto muito informal e "frouxa".

Com relação à metragem a ser utilizada, vai depender do modelo. Então, é bom você perguntar à sua costureira para ter certeza da quantidade de tecido a ser comprado.

Abaixo deixo algumas fotos de casacos/casaquetos/jaquetas que achei bonitos e femininos. Espero que sirvam de inspiração!!

Casaqueto e casaco de pelo sintético
Foto: Reprodução.
1) Casaqueto de pêlo sintético com estampa animal print e 2) Casaco de pêlo sintético na cor marrom-claro.

Casaco e casaqueto de lã escura
Foto: Reprodução.
1) Casaco de lã chumbo e 2) Casaqueto de lã preto.

Casacos de veludo - Marisa.com.br
Foto: Reprodução. Marisa.com.br
1) Casaco de veludo bege-claro e 2) Casaco de veludo verde-musgo.

Casaqueto e Casaco longo vermelho
Foto: Reprodução
1) Casaqueto de lã vermelho e 2) Casaco vermelho (que pode ser feito em lã também ou tweed)

Casacos claros
Foto: Reprodução.
Casacos de lã em tons claros (pode ser nas cores branca e creme)

Jaquetas rosa: 1) couro e 2) camursa
Foto: Reprodução.
1) Jaqueta de couro rosa e 2) Jaqueta de camurça rosa

Aproveite e acesse o post Saias no inverno? Claro! Conheça algumas dicas para se manter aquecida nos dias frios com modéstia e feminilidade! Nele eu listei outras dicas, com base em minha experiência pessoal, que vão ajudá-la a se aquecer melhor no inverno!

Salve Maria Imaculada!

16/04/2014

Modelos de Vestidos Infantis

4 comentários:
Por Melissa Bergonso

Como é lindo ver meninas de vestidinhos! É tão meigo e angelical! e tão diferente das roupas sensualizadas e/ou unisex que hoje se força guela abaixo nas crianças desde a mais tenra idade!

A modéstia feminina não é algo somente para mulheres adultas, ela deve, na realidade, começar desde cedo, pois habitua a criança à vestes adequadas. Veja nas fotos abaixo como as meninas ficam meigas e delicadas de vestidinhos! Parecem bonequinhas! Para inspirar as mamães! :-)

Vestido xadrezinho verde
Foto: Reprodução.

Vestido com flores rosas
Foto: Reprodução.

Vestidos: 1) azul com gola e barra marinheiro e 2) branco com renda na barra
Fotos: Reprodução.

Salve Maria Santíssima!